Será que vale a pena comprar café orgânico certificado?

O movimento pelo uso de alimentos orgânicos está causando cada vez mais impacto e aumento em todo o mundo. Os principais alimentos procurados pelos consumidores são as frutas, legumes e vegetais além de grãos. Mas se você já utiliza todos esses produtos orgânicos, por que não mudar também para o café orgânico ?

café orgânico

Por que você iria querer alimentos livre de pesticidas de várias espécies mas não ia querer que o seu café também fosse livre de pragas? 

Em primeiro lugar, vale esclarecer que o café orgânico não é necessariamente livre de pragas

Para ser considerado orgânico, há regras rígidas no cultivo e processamento do café. 

O pé deste tipo de café pode ser suscetível a pragas. O que não pode ocorrer é o uso de fertilizantes ou pesticidas sintéticos para o combate dessas pragas.

Os produtos orgânicos devem ser produzidos sem os materiais e métodos proibidos, como lodo de esgoto, radiação ionizante e engenharia genética. Além do mais, deve ser supervisionado por um agente de certificação autorizado.

Por isso é que a principal arma no combate a esses pesticidas sintéticos deve ser a prevenção. 

Apenas de alguns poucos fertilizantes e pesticidas sintéticos serem permitidos em plantações orgânicas, normalmente o que se utiliza é esterco, compostos e sobras do próprio café, ou seja, plantas, animais e insetos fertilizam o solo, o que o torna menos propício a erosões.

Muitas empresas produzem café orgânico mas não conseguem obter a certificação.

Obter a certificação de Café Orgânico custa muito caro, por isso muitos fazendeiros não conseguem tal certificação. 

Os produtores de café são muito mal remunerados por sua safra e mais de 25 milhões de cafeicultores do mundo são pequenos agricultores que penas sobrevivem, não podendo arcar com os custos da certificação. 

Os que conseguem prosperar são tipicamente fazendas corporativas de grande porte.

Mas o que é irônico nesses casos é que o café produzido pelas grandes corporações e pelos pequenos fazendeiros podem ser ambos considerados orgânicos. 

Seus cafés são cultivados da mesma forma que os das grandes fazendas, só que sem fiscalização e sem acompanhamento de especialistas. E a principal razão para essa produção orgânica “caseira” é justamente porque os pequenos agricultores não podem arcar com os custos dos pesticidas e fertilizantes sintéticos. 

Transição para orgânico é risco para os agricultores

Os produtores que optam por utilizar fertilizantes e pesticidas sintéticos correm um grande risco ao fazer a transição dos seus produtos em orgânicos. É um processo bastante dispendioso e que pode levar anos para gerar algum tipo de retorno.

E durante esse tempo, muitas famílias passam por dificuldades financeiras e acabam desistindo do negócio. Os que conseguem perseverar, todavia, podem aumentar bastante a sua margem de lucro.

O café orgânico possui melhor qualidade do que o convencional?

Há muitos fatores que aumentam a qualidade do café puro, dentre eles: genética das plantas, composição do solo, clima, altitude, saúde da planta, habilidade da colheita, dentre outros. 

Será que o café natural vale mais a pena?

Essa é a principal pergunta que buscamos responder. Não há dúvidas de que o café orgânico traz inúmeros benefícios para o ser humano, dentre os quais destacamos alguns:

  1. Café puro pode ajudar a perder peso, pois acelera o metabolismo do corpo e aumenta a queima de calorias. Isso sem falar que dá aquele gás a mais para manter o corpo em movimento e cumprir as metas do dia a dia.
  2. Café orgânico pode melhorar a saúde cardíaca. Se consumido de forma moderada, o café orgânico limpa o sistema e ajuda a manter o coração funcionando bem. Vale ressaltar que se consumido em grande quantidade o café pode aumentar a pressão arterial.
  3. Café natural previne a diabetes e pode reduzir de 23 a 50% a chance da doença, especialmente porque diminui o apetite e mantém as pessoas mais ativas, reduzindo fatores de risco.
  4. Apesar de haver controvérsia, alguns estudos afirmam que o café está ligado À prevenção de dois tipos de cânceres, de fígado e colorretal.
  5. Café orgânico ajuda a combater a depressão, uma vez que seus efeitos naturais ajudam a energizar e ativar a mente e o corpo, ajudando as pessoas que sofrem de depressão e chegando a diminuir a ocorrência de tendências suicidas, em alguns casos. Entretanto, se ingerido em excesso, ainda que orgânico, o café pode provocar ansiedade e variações de humor;
  6. Café orgânico pode proteger o fígado, especialmente no que diz respeito à cirrose, hepatite e doenças hepáticas. Entretanto, a confirmação desses benefícios ainda está em fase de estudo.
  7. Café orgânico melhora a função cognitiva, estimulando o cérebro e melhorando o foco mental. Pessoas idosas que consomem a substância podem ter uma redução de cerca de 60% de contração de doenças com demência e Alzheimer, desde que o consumo se dê de forma moderada e regular.

Além desses benefícios para os seres humanos, o consumo de café orgânico também pode ajudar os agricultores, como já dissemos antes, que podem cobrar um preço mais justo pelo seu produto e aumentar sua renda.

Ademais, o café orgânico também traz diversos benefícios para o meio ambiente, uma vez que não causa desmatamento no solo e ainda ajuda na conservação da vida selvagem, retendo e reabastecendo os nutrientes do solo, de forma natural e garantindo uma colheita sustentável e evitando erosões. 

Diante de todos esses benefícios mostrados, não há dúvidas de que o café orgânico é mais benéfico para o ser humano. Talvez um dia o café orgânico seja o único consumido no mundo, mas enquanto esse dia não chega cabe a cada um de nós tornar esse sonho cada vez mais real, comprando apenas café orgânico.

Isso irá provocar uma queda na venda dos cafés não orgânicos e irá obrigar seus produtores a se adaptarem à nova realidade do mundo e mudar para o orgânico ou a fecharem as suas portas. 

Ao comprar seu café orgânico, examine sempre a sua procedência, quem são produtores e apoie empresas e fazendas que busquem produzir e vender café ecológico de uma forma correta, ainda que não sejam certificadas.

Artigos Recomendados

Conheça as 5 formas de tornar o seu café mais ecológico

Conheça as 5 formas de tornar o seu café ecológico No artigo de hoje iremos falar sobre como tornar o café ecológico. O mundo passou por um período muito egoísta, onde cada um só pensava …

Descubra como preparar café manualmente

Como preparar o seu café de forma manual             Muitas pessoas, na correria do dia a dia, optam por comprar seu café torrado e moído, solúvel, e apenas colocar na cafeteira elétrica para preparar sua …

Descubra o café Macchiato

Descubra o café macchiato Espuma, leite e café expresso. Apenas esses três ingredientes podem formar pelo menos quatro bebidas diferentes, familiares aos consumidores de café em geral. Ingredientes simples que ajustados à perfeição e sabor …

Será que a cafeína desidrata você ? (confira com resolver)

A cafeína desidrata você (e confira como resolver) Um cafézinho cai bem em quase todas as horas do dia, não é mesmo? Seja no café da manhã, em uma reunião de negócios, na pausa do …

Qual o preço justo a pagar por grãos de café ?

Qual o preço justo a pagar por grãos de café ?  Após desenvolver seu paladar, você vai descobrir que existem diversos tipos de café diferentes e, principalmente, com preços variados. Desde os grãos de café …

Scroll to Top